domingo, 10 de março de 2013

O Lírio e a Quimera

Nuna contei para vocês, mas eu tenho a  pretensão de um dia escrever um romance histórico se passado no Brasil. Na verdade, eu já tenho a história na cabeça, qualquer dia conto para vocês. É um gênero literário que muito me atrai, e temos poucas novelas  ou, pelo menos, eu conheço poucas - se vocês conhecerem, me indiquem! Pois bem, por ser tão pretensiosa, sempre procuro romances do mesmo tipo, para me inspirar e analisar como foram colocados os fatos históricos do período. Foi assim que eu descobri a série "O lírio e a quimera", que é escrita por um francês erradicado no Brasil, Romaric S Bruel. Comprei o primeiro livro, Madeimosell de Miry, em promoção no Submarino e simplesmente devorei.
A primeira parte da história é bem legal, emocionante mesmo, Maria Adelaide, a personagem principal, tem personalidade forte, é independente e escolher viver um casamento por amor, fugindo da França nas revoluções de 1848. Acabei de ler, corri desesperada para a internet, comprei a continuação e...

Simplesmente me dá sono! Estou faz quase um mês enrolando, lendo um capítulo, mudando de livro... De personagem com temperamento forte, Maria Adelaide passou a simplesmente geniosa, incompreensível, uma prima donna. Ela não envelheceu bem! Diz no Tomo II que a série terá continuação. Vou pensar três vezes antes de acompanhar: às vezes uma coisa ruim estraga todas as boas impressões positivas anteriores. Se vocês gostam de romance histórico, leiam o primeiro!



4 comentários:

AnaCristina disse...

apoiada sua idéia de escrever um romance, na verdade eu acho que voce deveria mesmo escrever um livro!

Adelaide Araçai disse...

Normalmente o segundo não é tão bom como o primeiro. Talvez seja culpa do leitor que idealiza o personagem diferente do autor.

Adoro nossa história.
Muita Luz e Paz
Abraços

msgteresa disse...

Oi,Mayara!
Sabe que eu também adoro um bom romance histórico? E se eles vierem recheados de uma boa dose de aventura,melhor ainda! Eu ainda não tinha ouvido falar deste livro,mas vou anotar a dica...Pena mesmo que o autor não tenha acertado a "dose" na continuação,né? Coisas de artista,amiga...(Rs...) E vou ficar aqui torcendo e na espera do teu romance!!!
Beijinhos pra você!!!
Teresa

Patricia Helena disse...

Em alguns casos, o segundo é melhor do que o primeiro (17 Luas é melhor do que 16 Luas, mas quem está falando em romance teen?). Vou ler o primeiro, eu gosto de romance histórico.
Bjs.